Apologética



Judaísmo – Parte 10 – Divisões no judaísmo.


Como resultado de sua história de dispersão e exílio, há comunidades judaicas na maioria dos países. Ao longo dos séculos, costumes diferentes se desenvolveram em diferentes comunidades, e embora os judeus tenham um forte sentimento de serem um só povo, há também muitas divisões entre eles.

10.1 – JUDAÍSMO CONSERVADOR

O judaísmo conservador é uma espécie de feliz meio termo entre o judaísmo ortodoxo e o judaísmo reformado. Não é uma seita específica dentro do judaísmo, mas uma escola de pensamentos.

Seus primeiros expoentes foram Isaque Bernays (1792-1849) e Zacarias Frankel (1801 1875).

Teve início no começo do século 19 como reação às reformas feitas pelos rabinos. Na América, este movimento é chamado de Sinagoga Unida da América.

10.2 – JUDAÍSMO ORTODOXO

É a forma mais antiga do judaísmo. É formado pelos judeus tradicionalistas, unidos em torno da lei de Moisés. Observam a maioria das leis dialéticas e cerimoniais tradicionais do judaísmo.

De todo judeu ortodoxo espera se que seja um estudioso das Sagradas Escrituras e das tradições judaicas. A esperança messiânica e o retorno à Palestina são doutrinas que tanto os judeus ortodoxos, como indivíduos, quanto às comunidades a eles pertencentes, sempre fizeram questão de manter.

10.3 – JUDAÍSMO REFORMADO

O judaísmo reformado é a ala liberal do judaísmo. Surgiu como uma tentativa das comunidades judaicas na Europa ocidental de ajustarem-se intelectual, cultural e espiritualmente ao Iluminismo. Assim o judaísmo reformado é produto indireto do Iluminismo europeu. É como se fosse a reforma protestante do judaísmo. A ênfase recaía sobre a razão e a reformulação da liturgia.

Os cultos religiosos começaram a ser efetuados nas línguas vernáculas locais, e não no hebraico bíblico ou no aramaico. Moisés Mendelssohn foi uma figura importante nos primórdios desse movimento.

O judaísmo tradicional tem sido a pedra fundamental do judaísmo reformado. Porém, o ensino fundamental do judaísmo tem sido reinterpretado mediante a razão e a interpretaçâo científica das Escrituras. A esperança messiânica é ali espiritualizada, sendo vista como o esforço do judaísmo em cooperar com todos os homens no estabelecimento do Reino de Deus na face da Terra.


  • Leia também


    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados


    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com