Apologética



Ciência Cristã – Parte 03 – Origem de seus Ensinos


Em 1º de fevereiro de 1866, Mary Baker Eddy sofreu uma queda sobre o gelo, ficando sem sentidos por algumas horas. O médico deu o diagnóstico: choque traumático e possível deslocamento da espinha. Não tomou os remédios receitados. Nesse período de sua doença passou a ler os evangelhos em sua casa e lendo a cura do paralítico por Jesus, e ainda influenciada pelas idéias de Quimby, sentiu-se curada. Este é o milagre básico da Ciência Cristã e adquiriu o título de A Queda Milagrosa em Lynn.

Sabemos pela Bíblia que os milagres não são provas definitivas da aprovação de Deus para ensinos que divirjam da sua Palavra (Mt 7.21-24). Depois de dez anos, em 1875, publicou o livro base “Ciência e Saúde” (CS). Em 1879, foi fundada a Igreja do Cristo Cientista, tendo na presidência a sua fundadora. Em 1881, ela foi eleita pastora. A 2 de dezembro de 1910 a pastora Mary Baker Glouer Patterson Eddy morreu com a idade de 89 anos, apesar de seu ensino haver negado a doença e a morte. Em vida escreveu sobre ela mesma: Ninguém pode tomar o lugar da Virgem Maria, o lugar de Jesus Cristo, o lugar da autora de “Ciência e Saúde”, a descobridora da Ciência Cristã (“Retrospection and Introspection”, p. 70).

ENSINOS CONFRONTADOS COM A BÍBLIA

A Ciência Cristã não é nem cristã nem é ciência. Se seus ensinos fossem cristãos deveriam se ajustar àquilo que os cristãos crêem com apoio bíblico. Entretanto, vamos notar que a maioria dos seus ensinos diverge frontalmente dos ensinos cristãos.


  • Leia também


    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ. CNPJ 08.987.618/0001-07

    © 2017 - 2020. Todos os direitos reservados.

    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com