Apologética



Nova Era – Parte 10 – Passagens citadas para justificar a reencarnação


E disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu, e o Senhor o tomou: bendito seja o nome do Senhor (Jó 1.21).

Resposta Apologética:

O conceito no Antigo Testamento é de que o ventre é comparado à Terra (Gn 3.19). Os hebreus arrazoavam que, como o homem veio da terra na criação (Gn 2.7), assim ele deveria voltar a ela por ocasião da morte. Como ilustração citamos o Salmo 139.13-15, em que o ventre é comparado à profundeza da terra. Portanto, o que o livro de Jó ensina nessa passagem é que o corpo retorna ao pó da terra de onde veio a nada tem a ver com a reencarnação.

Antes que te formasses no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta (Jr 1.5).

Os reencarnacionistas alegam que essa passagem prova que Deus viu Jeremias antes de ele ter nascido.

Resposta Apologética:

O contexto não mostra isso, mas sim, que na presciência de Deus, Jeremias já tinha sido chamado para ser profeta. Em outras palavras, Jeremias tinha sido chamado e existido na mente de Deus antes que ele houvesse nascido (Is 46.9-10; Rm 4.17).

Em Mateus 16.13-16 os reencarnacionistas afirmam que Jesus estava admitindo ter vivido na terra como Elias, Jeremias etc.

Embora os outros discípulos tivessem dificuldades em identificar a Jesus, Pedro, ao contrário, afirmou corretamente: E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo (Mt 16.16), e Jesus concordou com Pedro.


  • Leia também


    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados.

    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com