Apologética



Nova Era – Parte 12 – Poder sobrenatural: De Deus ou de Satanás?


12.1 – CARACTERÍSTICAS DOS MILAGRES DE DEUS:

Os milagres de Deus têm certas características e particularidades. São realizados:

Pelo poder de Deus e para glorificá-lo.

Para edificar a Igreja.

Para validar o Evangelho.

Detiveram-se, pois, muito tempo, falando ousadamente acerca do Senhor, o qual dava testemunho à palavra da sua graça, permitindo que por suas mãos se fizessem sinais e prodígios (At 14.3).

Pelo poder dos sinais e prodígios; na virtude do Espírito de Deus; de maneira que desde Jerusalém,e arredores, até ao Lírico, tenho pregado o evangelho de Jesus Cristo (Rm 15.19).

Testificando também Deus com eles, por sinais, e milagres, e várias maravilhas e dons do Espírito Santo, distribuídos por sua vontade (Hb 2.4).

Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil (1 Co 12.7).

Assim também vós, como desejais dons espirituais, procurai abundar neles, para edificação da igreja (1 Co 14.12).

12.2 – CARACTERÍSTICAS DOS MILAGRES DO DIABO:

Os milagres do diabo também têm certas características. Freqüentemente são operados por:

Impostores do Evangelho.

Falsos profetas para favorecer religiões falsas.

Porque cada um lançou sua vara, e tornaram-se em serpentes; mas a vara de Arão tragou as varas deles. Porém os magos do Egito também fizeram o mesmo com os seus encantamentos; de modo que o coração de Faraó se endureceu, e não os ouviu, como o Senhor tinha dito (Êx 7.12,22).

Então os magos fizeram o mesmo com os seus encantamentos, e fizeram subir rãs sobre a terra do Egito (Ex 8.7).

Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos (Mt 24.24).

E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem (Ap 19.20).

Esses milagres não devem ser aceitos.

Não ouvirás as palavras daquele profeta ou sonhador de sonhos; porquanto o Senhor vosso Deus vos prova, para saber se amais o Senhor vosso Deus com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma (Dt 13.3).

Esses milagres pervertem as almas dos homens.

E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira (2 Ts 2.10-11).

Nós vemos que, quando a jovem adivinha estava possessa, tinha poder sobrenatural (At 16.16-18). Se o seu poder fosse natural ou latente na natureza humana, isto não teria acontecido.

12.3 – CONFIGURAÇÃO EM FONTES SECULARES:

Se o que afirmamos é correto, podemos encontrar em fontes seculares a confirmação do que dissemos? Observe as seguintes declarações:

1. É sabido que as tribos animistas e xamanistas atribuem todos os milagres aos espíritos. O xamã recebe poderes dos espíritos.

2. Os homens santos do hinduísmo (sadus) declaram que recebem poderes exclusivamente dos espíritos; que eles próprios não têm poder especial para suas realizações, exceto por meio de concentrações.

3. Provas bíblicas de que o homem não tem poderes psíquicos próprios:

Ou andará alguém sobre brasas, sem que se queimem os seus pés? (Pv 6.28).

E quando Pedro viu isto, disse ao povo: Homens israelitas, por que vos maravilhais disto? Ou, por que olhais tanto por nós, como se por nossa própria virtude ou santidade fizéssemos andar esse homem? (At 3.12).

Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum (Lc 10.19).

E disse-lhe Pedro: Enéias, Jesus Cristo te dá saúde; levanta-te e faze a tua cama. E logo se levantou (At 9.34).

Mas Pedro o levantou, dizendo: Levanta-te, que eu também sou homem (At 10.26).

Relativamente à interpretação de sonhos, José deu a seguinte resposta a Faraó: E respondeu José a Faraó, dizendo: Isso não está em mim; Deus dará resposta de paz a Faraó (Gn 41.16).

O livro de Daniel está repleto de relatos nos quais Deus dá a Daniel conhecimentos e interpretações de visões e sonhos. A parte de Deus, Daniel não poderia fazê-lo.

Quanto a estes quatro jovens, Deus lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as letras, e sabedoria; mas a Daniel deu entendimento em toda a visão e sonhos. E em toda a matéria de sabedoria e de discernimento, sobre que o rei lhes fez perguntas, os achou dez vezes mais doutos do que todos os magos, astrólogos que havia em todo o seu reino (Dn 1.17,20).

Respondeu Daniel na presença do rei dizendo: O segredo que o rei requer, nem sábios, nem astrólogos, nem magos, nem adivinhos o podem declarar ao rei; mas há um Deus no céu, o qual revela os mistérios; ele, pois, fez saber ao rei Nabucodonosor o que há de acontecer nos últimos dias. O teu sonho e as visões da tua cabeça na tua cama são estes (Dn 2.27-28).

Outros textos provando que o milagre vem de Deus e não do homem: Atos 14.11-15; 15.12; 19.11; Romanos 15.19; 1 Coríntios 12.9-10, 28,30; Tiago 5.17-19.


  • Leia também


    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados.

    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com