Apologética



Nova Era – Parte 15 – Preparação para o Anticristo


Em 1968, foi fundado em Roma o chamado Clube de Roma, cujos membros são personalidades de gabarito internacional na política, economia, ciências e na educação.

O objetivo do Clube de Roma é estudar o futuro da raça humana, considerando o seu passado e o presente, para planejar o seu futuro.

Uma das conclusões a que chegou o Clube é que a humanidade necessita urgente de um governo único centralizado para resolver seus problemas e suprir suas necessidades.

Essa conclusão do Clube de Roma, quanto à necessidade de um governo único e centralizado para o mundo, está intimamente relacionada ao surgimento do MNE, que preconiza o aparecimento do super-homem de Satanás – Lord Maitreya, que seria um anticristo (1 Jo 2.19) ou talvez o próprio anticristo de que fala a Bíblia, o qual presidirá a confederação de nações.

Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venba a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição; o qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado (2 Ts 2.3-6).

Benjamim Creme, considerado por muitos o João Batista, ou precursor do novo Cristo – conhecido como Lord Maitreya – afirma que ele já fez sua aparição pública.

O MNE publicou em muitos países, inclusive no Brasil, no dia 25 de abril de 1982, um anúncio de página inteira em jornais de grande circulação, com os seguintes dizeres:

Cristo está entre nós Ele não vem para nos julgar, porém para ajudar a humanidade e para inspirá-la. Ele é Maitreya o ‘educador do mundo’ e da nossa geração humana’ uma pessoa para qual existem diversos nomes: O Messias dos judeus, o quinto Buda dos Budistas, o Mahdi dos muçulmanos e o Krishna dos hindus. Agora ele se revelará para nos conduzir a uma nova era. Sua presença nos garante que não haverá uma terceira guerra mundial. Uma outra aparição pública se deu em 1988, para seis mil pessoas em Nairobi, Quênia, numa reunião em junho daquele ano.

15.1 – GRANDE INVOCAÇÃO

De acordo com o líder do MNE, George Trevelian, a grande invocação expressa verdades comuns à maioria das religiões, e que agora está sendo usada através do mundo por pessoas de várias religiões. E uma oração que clama pela ajuda para a humanidade por parte dos Mestres Cósmicos (“A Vision of the Aquarian Age”, George Trevelian, p.171).

Sua tradução é a seguinte:

Do ponto de Luz na mente de Deus,

Flua a Luz às mentes dos homens;

Que a Luz desça à Terra.

Do ponto de Amor no coração de Deus,

Flua Amor aos corações dos homens;

Que o Cristo volte à Terra.

Do centro tudo a vontade de Deus é conhecida.

Guia o propósito as pequenas vontades dos homens,

O propósito que os Mestres conhecem e a que servem.

Do centro a que chamamos raça dos homens,

Cumpra-se o Plano de Amor e de Luz

E mure-se a porta onde mora o mal.

Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o Plano na Terra.

15.2 – O PLANO

A literatura do MNE freqüentemente menciona o Plano. Assim como os cristãos oram: Venha o teu reino (Mt 6.9), os adeptos do MNE querem ver o Plano concretizado e para isso fazem a invocação acima.

Apresentamos a seguir o conteúdo do Plano:

Estabelecer uma nova religião mundial e uma nova ordem política e social;

A nova religião mundial será o renascimento da religião de mistério da Babilônia;

O Plano será concretizado quando o Messias da Nova Era assumir o controle, e então o número 666 será aplicado e a nova religião estabelecida;

Espíritos Cósmicos irão ajudar e inaugurar a Nova Era e a aclamar o homem-deus da Nova Era como Mestre do mundo;

Paz Mundial, Amor, e União serão a saudação da religião;

O ensino da Nova Era irá abranger o mundo todo;

Líderes da Nova Era irão demonstrar que Jesus não era o Cristo;

O Cristianismo e outras religiões serão integrados à religião mundial;

Os princípios cristãos serão desacreditados e eliminados;

Crianças serão seduzidas espiritualmente nas escolas para promover a Nova Era;

A humanidade será levada a crer que o homem é Deus;

A ciência e a religião serão unificadas;

As pessoas que resistirem a este Plano serão exterminadas. (Traduzido e, adaptado do livro, “Dark Secrets of the New Age”, p. 18).

Ao falarmos deste assunto, devemos ter em mente que se trata de algo controvertido e que alguns escritores e conferencistas cristãos têm feito sensacionalismo em torno do mesmo.

Por isso, bem faremos em atentar para as seguintes observações do Dr. Walter Martin: O Plano – Uma expressão que ocorre freqüentemente nos escritos de Alice Bailey. Refere-se às preparações específicas do mundo para uma Nova Era e para um Cristo da Nova Era. Estas preparações são efetuadas pelos Mestres da Hierarquia, um grupo de seres exaltados, que supostamente guiam a evolução espiritual das pessoas na Terra. Embora este ensino do Plano realmente exista, o termo tem sido tratado de forma sensacionalista por alguns escritores cristãos. Estes autores erroneamente supõem que os adeptos da Nova Era estão completamente unidos numa manipulação nos bastidores dos eventos mundiais para conquistar o mundo para seu verdadeiro deus, Lúcifer (“The New Age Cult”, Walter Martin, p. 132).


  • Leia também


    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados.

    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com