ICP Responde



Candace era um lugar ou o nome da rainha?


O nome refere-se à rainha, e não a uma região.

"E levantou-se, e foi; e eis que um homem etíope, eunuco, mordomo-mor de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todos os seus tesouros, e tinha ido a Jerusalém para adoração" (At 8.27).

A expressão bíblica "eunuco de Candace" jamais pode ser interpretada como se estivesse se referindo a uma localidade, pois o texto é explícito em mostrar que o termo Candace refere-se à rainha, e não a uma região com tal nome. Por outro lado, Candace também não se refere diretamente ao nome da rainha. Na realidade, o termo era um título conferido a uma espécie de dinastia de rainhas guerreiras que detinham o poder do império Méroe, no Egito, pouco tempo antes da era cristã.

Algumas pesquisas arqueológicas reclamam ter encontrado várias pirâmides tumulares, cujas datas variam entre 300 a.C. e 35 d.C. Quanto ao nome pessoal da rainha, não é possível identificá-lo. É oportuno acrescentar que existem ainda outros casos freqüentemente confundidos pelos estudantes iniciantes da Bíblia, tais como Faraó, um título atribuído aos governantes egípcios (Gn 12.15), e Abimeleque, um título atribuído aos governantes filisteus (Gn 20.2).


Por Elvis Brassaroto Aleixo

  • Leia também



    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2019 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados