ICP Responde



Em que consistia a cerimônia do bode emissário?


Ele derramou seu sangue uma vez para sempre, isto é, seu sacrifício é completo e eterno.

A cerimônia era realizada pelo sacerdote. O animal era chamado de azazel ou emissário. O sacerdote colocava as mãos sobre o bode e confessava os pecados de Israel. Simbolicamente, ele estava transferindo os pecados do povo para o bode. Depois de pedir perdão pelos pecados, o animal era conduzido ao deserto, onde não houvesse habitação. Isso simbolizava a remoção dos pecados de Israel, que eram figuradamente levados pelo bode e não mais seriam relembrados. Então, o sacerdote se purificava. Isso era uma figura dos benefícios que temos em Cristo. Jesus não apenas foi o sacrifício eterno, mas também atuou como sacerdote, pois ele entregou a oferta do sangue que derramara por nossos pecados. Em Cristo nossos pecados foram pagos e esquecidos. Resultado: não somos mais escravos do pecado, o pecado não mais reina sobre nós. Podemos, de fato, ser perdoados e, além disso, vencermos a prática do pecado. Além do mais, o sacrifício perfeito de Cristo exclui qualquer outro sacrifício. Ele derramou seu sangue uma vez para sempre, isto é, seu sacrifício é completo e eterno.Veja Hebreus 9.28 e 10.14. Foram apropriadas as palavras: "Está consumado!" (Jo 19.30).


Por Márcio Souza

  • Leia também



    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2019 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados