ICP Responde



Quem eram os "Doze" que viram a Jesus após sua ressurreição, mencionados em 1Coríntios 15.5?


Ao usar a expressão "pelos Doze", Paulo poderia está-se referindo a um termo comum empregado aos apóstolos originais de Jesus para indicar sua ocupação apostólica, e não seu número exato.

É difícil conciliar o aparecimento do Senhor Jesus aos seus apóstolos e aos demais irmãos (1Co 15.6). As narrativas das aparições apresentam certas confusões, e isto corrobora ainda mais para autenticar a realidade delas, pois nenhum dos evangelistas conseguiu enumerá-las com precisão. Não se sabe ao certo os números e a ordens das aparições. Provavelmente, o apóstolo Paulo, ao mencionar o aparecimento de Jesus no texto em referência, fez uso de uma das mais antigas tradições cristãs, podendo ser estas orais, escritas ou ambas; pois ele não tinha em mão os quatro evangelhos, e muito menos a narrativa de Atos dos Apóstolos, tendo, portanto, de usar as tradições cristãs existentes na época. É necessário considerar que os pormenores da ressurreição, aparições e ascensão de Jesus não aconteceram em apenas um dia. O livro de Atos nos informa que Jesus foi visto no espaço de quarenta dias (At 1.3).

O evangelista João menciona que dez discípulos viram a Jesus após sua ressurreição (Jo 20.19-24); Marcos, por sua vez, faz menção de onze (Mc 16.14); e Lucas menciona que onze discípulos e outros irmãos testemunharam o Cristo ressurreto (Lc 24.33-36). De fato, há ainda outras ocasiões em que Jesus foi visto após sua ressurreição. Existem pelo menos dez relatos das aparições de Jesus, das quais Paulo traz à memória pelo menos cinco ocorrências (1Co 15.5-8). Ao usar a expressão "pelos Doze", Paulo poderia está-se referindo a um termo comum empregado aos apóstolos originais de Jesus para indicar sua ocupação apostólica, e não seu número exato. Ou, talvez, baseado na tradição cristã, tenha considerado a inserção de Matias no grupo, já que Atos 1.22-26 deixa claro que Matias acompanhou em todo o tempo o ministério de Jesus, desde seu batismo até sua ascensão.


Por Gilson Barbosa

  • Leia também



    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2019 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados