ICP Responde



Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore? (Gn 3.11)


Testemunhas de Jeová. Dizem que Deus não sabia que o homem iria pecar. Seguem algumas perguntas e suas respectivas respostas, cuidadosamente formuladas pela própria seita: "Incentivaria seus filhos a empreender um projeto com um futuro maravilhoso, sabendo de início que estava destinado ao fracasso? Será que o fato de Deus ter a capacidade de prever e de predeterminar eventos prova que Ele faz isso com respeito a todas as ações de todas as suas criaturas?"

Resposta: "Uma pessoa que tem um rádio pode ouvir as notícias mundiais. Mas o fato de que pode ouvir certa estação não significa que realmente faça isto. Ela precisa primeiro ligar o rádio e daí selecionar a estação. Da mesma forma, Jeová tem a capacidade de predizer eventos, mas a Bíblia mostra que Ele faz uso seletivo e com discrição dessa capacidade que tem, com a devida consideração pelo livre-arbítrio com que dotou suas criaturas humanas".

"Quando Deus criou Adão, será que sabia que ele ia pecar?".

Resposta: "Avisaria sobre um dano, sabendo ao mesmo tempo em que você havia planejado tudo de modo que certamente lhes resultaria em aflição? É, pois, razoável, atribuir isso a Deus?".

Resposta apologética: A idéia de que Deus tenha sido surpreendido com o pecado humano desconsidera o fato de que o Senhor é onisciente, sabedor de tudo por essência (1Cr 28.9; 29.17; Sl 7.9; Sl 139.1; Is 43.12; 46.9,10; 48.5-7; Jo 14.29; Ap 22.6). Deus, sabedor da queda do homem em pecado, já havia providenciado, desde a eternidade, a redenção por meio de seu Filho, o Cordeiro redentor ("... Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo" - Ap 13.8; "mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado, o qual, na verdade, em outro tempo, foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo", 1Pe 1.20). Por sua presciência (conhecimento de antemão), Deus já tinha visto também os que iriam aceitar o sacrifício vicário e expiatório de Cristo para sua salvação: "Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em caridade; e nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo" (Ef 1.4,5). O deus da concepção das Testemunhas de Jeová é muito limitado, comparável às limitações humanas. A onisciência de Deus não tira do homem o seu livre-arbítrio. Na sua presciência, Deus sabia que Jeremias seria profeta e o escolheu mesmo antes de nascer: "Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísse da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta" (Jr 1.5). Deus tem conhecimento ilimitado e antecipado: onisciência e presciência (Rm 8.28-29), e, por esse motivo, pode revelar as coisas que ainda vão acontecer, mas respeita o livre-arbítrio humano.


  • Leia também



    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2019 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados