ICP Responde



Nenhum sangue comereis (Lv 7.26,27)


Testemunhas de Jeová. Fazem uso indevido desta referência para proibir a transfusão de sangue. Sua argumentação: “A transfusão de sangue é o mesmo que comer sangue, porque se assemelha à alimentação”.

Resposta apologética: O texto proíbe explicitamente a ingestão de sangue de aves e de animais, mas os adeptos dessa seita ampliam seu conteúdo, incluindo a administração médica de sangue humano, algo jamais imaginado por Moisés, e muito menos pelos antigos israelitas que liam o Pentateuco. A ingestão de sangue era proibida pela lei mosaica porque o sangue constituía uma parte importante dos sacrifícios; entre outras coisas, prenunciava o precioso sangue de Jesus, o Cordeiro de Deus. Utilizar estes versículos como uma visão profética sobre os prós e os contras dos procedimentos médicos é ignorar totalmente o contexto da passagem (Gn 9.4).


  • Leia também



    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2019 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados