ICP Responde



Testificaram da tua verdade (3 Jo v. 3)


Comentário apologético: Os relativistas dizem que a verdade é relativa, ou seja, o que pode ser verdade para você, não precisa ser necessariamente verdade para mim. Repudiam, ainda, qualquer verdade ou valor absoluto. Para essa filosofia, todo ponto de vista é válido. Embora os relativistas não aceitem a teoria da não-contradição, sua filosofia, porém, levada às ultimas conseqüências, é uma verdadeira contradição de idéias. Se o relativismo é o único ponto de vista verdadeiro, então ele próprio se tornou uma verdade absoluta. Mas como isso seria possível se, para o próprio relativismo, não existe verdade absoluta?

É claro que, até certo ponto e dentro de determinado contexto cultural, existem verdades relativas, como, por exemplo, a questão da beleza. Seu relativismo pode ser aceitável dentro de certo contexto cultural, mas isso não afeta a nossa vida moral e espiritual.

Há coisas que são válidas apenas dentro da experiência humana particularmente individual. No âmbito espiritual, há apenas uma verdade absoluta, que se encontra na palavra de um Deus absoluto (Cl 1.5). Jesus disse que a Palavra de Deus é a verdade (Jo 17.17) e não apenas uma das verdades. Também disse que Ele próprio era “o caminho, a verdade e a vida” (Jo 14.6) e não uns dos muitos caminhos e umas das muitas verdades. A verdade absoluta é procedente do Deus triúno (Ef 4.21; 1Jo 5.6).


  • Leia também



    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2019 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados