ICP Responde



Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica (Tiago 3.13-15)


Comentário apologético: O deísmo prega a crença de que o conhecimento sobre as questões religiosas e espirituais vem por meio da razão e não da revelação, porque a revelação é proveniente da estabilidade mental questionável de alguns fanáticos.

O apóstolo Tiago, no entanto, ensina, na seqüência dos versículos em referência, que aquilo que o homem chama “razão” (o oposto à loucura), creditando ser o meio de se conhecer a Deus de forma “lúcida”, é, na verdade, um conceito tão medíocre quanto a sapiência de seu articulador: o homem.

O discurso de Tiago se torna ainda mais grave quando associa essa suposta “razão” aos feitos do diabo, o que nos remete à verdade de Gênesis 6.5. Em 1Coríntios 1.17, Paulo explica que não há argumento que, baseado na intelectualidade humana, possa convencer um descrente de seu pecado e da justiça, com a qual Deus exercerá seu juízo (Jo 16.8).


  • Leia também



    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados