ICP Responde



Se dissermos que não temos pecado (João 1.8)


Comentário apologético: A Ciência Cristã declara que o homem é incapaz de pecar, adoecer e morrer. São os filhos do maligno (ou o único mal) que declaram que o homem começa no pó ou com um embrião material.

O grupo oriental Seicho-no-Ie ensina que se o pecado existisse realmente, nem os “budas” todos do Universo nem a cruz de Jesus Cristo conseguiriam extingui-lo.

A Bíblia, no entanto, contradizendo todas essas afirmações absurdas, ensina que Jesus morreu na cruz para nos redimir do pecado (Jo 1.29; 1Pe 2.24). Se o pecado realmente não existisse, então os sofrimentos redentores de Cristo teriam sido inteiramente desnecessários. Jesus disse que se não crermos nele e na sua missão salvadora (Lc 19.10), morreremos em nosso pecado e não poderemos ir para onde Ele foi (Jo 8.21,24). Essa invenção de que o pecado não existe é própria de Satanás, o pai da mentira (v. 8; 1Jo 8.44).


  • Leia também



    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados