ICP Responde



...a invenção de provérbios é trabalho penoso (Eclesiático 13.26)


Catolicismo romano. O autor do texto apócrifo reconhece, sem qualquer constrangimento, o quanto lhe é difícil escrever os provérbios que compõe seu livro.

RESPOSTA APOLOGÉTICA. Quão sublime foi a sabedoria do provebista inspirado por Deus, o rei Salomão. A razão para o contraste é simples: a sabedoria de Salomão foi um dom concedido por Deus (1Rs 4.29); mas a sabedoria de Ben Sirac foi proveniente do esforço humano. Enquanto Ben Sirac confessa sofrer para produzir seus parcos provérbios, sobre Salomão lemos: "E era a sabedoria de Salomão maior do que a sabedoria de todos os do oriente e do que toda a sabedoria dos egípcios. E era ele ainda mais sábio do que todos os homens, e do que Etã, ezraíta, e Hemã, e Calcol, e Darda, filhos de Maol; e correu o seu nome por todas as nações em redor. E disse três mil provérbios, e foram os seus cânticos mil e cinco. Também falou das árvores, desde o cedro que está no Líbano até ao hissopo que nasce na parede; também falou dos animais e das aves, e dos répteis e dos peixes. E vinham de todos os povos a ouvir a sabedoria de Salomão, e de todos os reis da terra que tinham ouvido da sua sabedoria." (1Rs 4.30-34). Ben Sirac é bem claro quando afirma que seus provérbios são inventados, o que afasta qualquer possibilidade de inspiração.


  • Leia também




    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ. CNPJ 08.987.618/0001-07

    © 2017 - 2020. Todos os direitos reservados.

    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com