ICP Responde



Descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação (Tiago 1.17)


Ceticismo. Contrasta este versículo com Gênesis 6.6 e 1Samuel 15.10,11 para atribuir incoerência à Bíblia, porque o seu Autor (Deus), a quem a teologia cristã diz ser perfeito, muda de idéia.

Resposta apologética: O arrependimento atribuído a Deus, conforme registrado nos textos destacados pelo ceticismo, se refere à mudança de atitude. Em linhas gerais, podemos compreender essa questão quando nos fundamentamos nas seguintes verdades: o homem demonstra arrependimento quando apresenta uma atitude diferente daquela que o levou a praticar o mal, corrigindo-se. Mas para que essa atitude se manifeste, o homem, necessariamente, muda seus critérios, valores e conceitos. Em contrapartida, Deus, muda de atitude sem jamais mudar seus critérios e estatutos. O significado da expressão “arrependeu-se o Senhor” (Gn 6.6; 1Sm 15.10,11) é “mudança de atitude”. E nada mais é do que uma indicação, em linguagem humana, de que a atitude de Deus para com o homem que peca é necessariamente diferente da atitude desse mesmo Deus para com o homem que lhe obedece (Jn 3.10).


  • Leia também




    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados


    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com