ICP Responde



Vós orareis assim (Mateus 6.9)


Testemunhas de Jeová. Dizem que o nome de Deus deve ser santificado e que a melhor maneira de se fazer isso é pronunciando o nome de Jeová, para que as nossas orações sejam ouvidas.

Resposta apologética: Jesus se dirigia a Deus chamando-o de Pai (Jo 17.1,11,21,24-26). Este último versículo é claro: “E eu lhes fiz conhecer o teu nome”. Que nome é este? O do Pai, que é repetido várias vezes nas referências indicadas. Mas, de acordo com doutrina das Testemunhas de Jeová, somente os componentes do grupo dos “ungidos” são considerados filhos de Deus. Como a maioria de seus adeptos pertence ao grupo das “outras ovelhas”, são considerados apenas prospectivos filhos de Deus e não filhos por adoção (Gl 4.5), embora a Bíblia ofereça esta condição, sem nenhuma exceção, a todos aqueles que aceitam a Cristo como Senhor e Salvador (Jo 1.12; 1Jo 5.1). Por meio do Pai-nosso, aprendemos com Jesus que devemos iniciar a nossa oração santificando o nome de Deus (Mt 6.9). Isso, no entanto, não tem nada a ver com a doutrina dessa seita, que diz que devemos pronunciar o nome Jeová para santificar a Deus. Santificamos o nome de Deus quando vivemos de maneira digna em sua presença. O Senhor Deus deve ser adorado, honrado, reverenciado, venerado e temido por todas as criaturas. Devemos reconhecer sua grandeza, bondade e santidade. O Senhor deve ser glorificado por nossa vida e ações. Santificar o nome de Deus é andar em conformidade com a sua Palavra e não ficar simplesmente pronunciando o nome Jeová com vãs repetições (Mt 6.7; 7.21).


  • Leia também




    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados.

    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com