ICP Responde



Sede vós perfeitos (Mateus 5.48)


Mormonismo. Seus adeptos costumam fazer a seguinte pergunta: “Daria Deus um mandamento que não pudesse ser guardado?”. Segundo a teoria dos mórmons, o texto em pauta declara que os homens poderiam obter todos os atributos de Deus e se tornarem deuses.

Resposta apologética: Ao defenderem este raciocínio, estão cometendo dois grandes erros. A saber: ignoram o significado da palavra “perfeito” no contexto bíblico e assumem que tal interpretação leva o homem à divindade. A Bíblia, no entanto, enfatiza a nossa condição de pecadores (Rm 3.10; 3.23; 1Jo 1.10; Is 64.6). Sabemos, por Gênesis 6.9, que Noé era um homem justo, e por Jó 1.1 que esse servo de Deus era um homem perfeito. Não obstante, tanto Noé quanto Jó eram pecadores, conforme afirmam os versículos citados em relação aos dois. A palavra grega teleioi, inserida no texto em estudo, traduzida por perfeito, na verdade significa “completo”, “maduro”. Podemos, como pecadores, ser completos, maduros, dentro da nossa limitação humana, mas nunca plenamente perfeitos, pois só Deus possui a virtude da perfeição. Não existe nenhuma base escriturística para que aceitemos a doutrina que afirma que o homem pode progredir a tal ponto até alcançar a divindade.


  • Leia também




    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados.

    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com