ICP Responde



Segue-me, e deixa aos mortos o sepultar os seus mortos (Mateus 8.22)


Islamismo. Declara que o cristianismo se preocupa em demasia com a vida após a morte. A conclusão a que chega é que os ensinamentos bíblicos produzem apenas hipócritas atrofiados e deformados e não seres humanos plenamente desenvolvidos.

Resposta apologética: O fato de muitos cristãos se enveredarem pelo caminho do fanatismo, distorcendo alguns versículos bíblicos, desconsiderando seu contexto e desenvolvendo certas teorias absurdas, não significa que o cristianismo seja uma religião que produz coisas ruins. A própria Bíblia nos alertava sobre isso (1Tm 4).

Quanto ao fato de o cristianismo se voltar para o além, afirmamos que é por esse caminho que temos a garantia de uma vida abundante na terra e, por fim, a vida eterna, a questão pode ser elucidada pelo conteúdo de João 17.3. Em Mateus 16.26, lemos: “Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?”.

Os muçulmanos consideram os países ocidentais cristãos. Ora, se a argumentação Islâmica tivesse fundamento, como se explicaria, então, o fato de os países do Primeiro Mundo, pelo seu alto grau de desenvolvimento, serem tão voltados ao que pode correr depois da morte, ou seja, a vida no além?


  • Leia também




    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ. CNPJ 08.987.618/0001-07

    © 2017 - 2020. Todos os direitos reservados.

    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com