ICP Responde



Levantai a arca do concerto e passai adiante deste povo (Josué 3.6)


Catolicismo Romano. Adota este versículo para legitimar as procissões, ocasião em que seus adeptos conduzem, em atitude de adoração de louvor, andores com imagens dos “santos” do panteão dessa igreja.

Resposta apologética: Tanto a arca quanto as imagens de querubins eram objetos consagrados ao tabernáculo e cuja feitura fora determinada por Deus (Êx 25.10-19). O transporte em caravana (Ez 27.25) era um costume dos israelitas e/ou dos gentios, portanto, não significava (ou determinava) expressão de culto ou ritual. A forma como Roma pratica a procissão tem outro objetivo: usar imagens, que recebem culto e louvor dos católicos, o que em nada se assemelha à caravana empreendida por Josué.

Vejamos a advertência do Senhor ao povo, que veio pela boca do profeta: “Os que conduzem em procissão as suas imagens de escultura nada sabem” (Is 45.20). A expressão “suas imagens” diz respeito àquilo que os homens projetavam a seu bel-prazer, sem o respaldo divino.


  • Leia também




    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ. CNPJ 08.987.618/0001-07

    © 2017 - 2020. Todos os direitos reservados.

    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com