ICP Responde



Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me entender e conhecer que eu sou o Senhor (Jeremias 9.24)


Comentário apologético: Os agnósticos declaram que há provas negativas e positivas quanto à existência de Deus, porém, todas inconclusas. Dentro deste conceito, crêem e, ao mesmo tempo, não crêem. E, baseados nesta suposta subjetividade de Deus, adotam a ausência de conhecimento como sendo a melhor maneira de se lidar com o desconhecido. O versículo em destaque, porém, mostra que, aos olhos divinos, não há qualquer conhecimento fora de Deus que possa promover a glorificação humana.

Assim, o sábio (segundo o mundo), o forte e o rico não são enaltecidos por Deus (v. 23), mas aquele que busca conhecer o Senhor está habilitado a engrandecer-se entre os homens. A falta completa de conhecimento (de Deus), condição peculiar aos agnósticos, desmerece o homem diante de Deus. O próprio povo do Senhor não atendia aos seus desígnios divinos por falta desse conhecimento, por isso “rejeição divina“ (Os 4.6).


  • Leia também




    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ. CNPJ 08.987.618/0001-07

    © 2017 - 2020. Todos os direitos reservados.

    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com