ICP Responde



O filho não levará a iniqüidade do pai, nem o pai levará a iniqüidade do filho (Ezequiel 18.20)


Ceticismo. Confronta este versículo com 2Samuel 12.15-18 para dizer que há contradição na Bíblia, porque em 2Samuel Deus estaria afirmando que cobraria dos filhos os pecados paternos.

Resposta apologética: Antes de tudo, devemos estar cientes de que a declaração do texto em questão é uma referência à passagem de Deuteronômio, que fala dos preceitos legais que deveriam ser aplicados por Israel assim que o povo se estabelecesse na terra prometida. Esses preceitos, por sua vez, se referiam à proibição de se aplicar aos filhos a punição pelos erros cometidos pelos pais, desde que os filhos não tivessem efetivamente se comprometido com tais transgressões. Para o caso de Davi, em 2Samuel, é importante observar que os céticos distorcem a exegese textual, afirmando que o filho do rei fora punido com a morte por causa do pecado do pai, o que é uma inverdade. Em verdade, Davi é que fora punido com a morte do filho: “O filho que te nasceu certamente morrerá”.

Para que ninguém diga que houve “excessos” na ação divina que puniu Davi com a morte do filho recém-nascido, devemos lembrar que: devido à soberania divina e à propriedade de Deus sobre tudo o que existe e respira (Sl 24.1), o Senhor tem todo o direito de proceder como bem lhe apraz.

É importante, ainda, considerarmos a passagem de Mateus 19.14.


  • Leia também


      • Bíblia Apologética com Apócrifos
        frete grátis
      • Curso Teologia Online
        24% Desconto
      • Série Apologética
        frete grátis

    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ © Todos os direitos reservados. 2021


    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com