Ilustração



As 5 piores trapaças nos esportes


Por Redação Yahoo! Esportes

Ganhar a qualquer custo às vezes tem um preço alto. O jornal inglês The Sun resolveu fazer sua lista das 10 piores trapaças da história do esporte.

5º – Flavio Briatore: o chefão da equipe Renault, de Fórmula 1, teria mandado Nelsinho Piquet bater de propósito no GP de Cingapura, em 2008, para beneficiar Fernando Alonso.

4º – Boris Onishchenko: o atleta russo de pentatlo fez uma trapaça inacreditável na prova de esgrima, nos Jogos Olímpicos de Montreal-76. Ele foi desclassificado por esconder um dispositivo elétrico em sua espada que havia lhe dado pontos sempre que ele apertava um botão.

3º – Seleção espanhol paraolímpica: A seleção de basquete da Espanha venceu a disputa nas Paraolimpíadas de Sidney-2000. No entanto, foi descoberto logo após que dez integrantes do time não contavam com deficiência mental alguma. Como punição, a medalha de ouro foi retirada dos espanhóis.

2º – Ben Johnson: o canadense se destacou quando conseguir cravar o recorde mundial dos 100 metros rasos nos Jogos Olímpicos de Seul-88. Entretanto, o atleta perdeu a medalha de ouro depois do exame antidoping, que deu positivo para a substância proibida estanozolol.

1º – Sergio e Fika Motsoeneng: os irmãos gêmeos sul-africanos se “revezaram” na Ultramaratona Comrades de 1999, de 89 quilômetros. Enquanto um largou, o outro o esperava em um banheiro no meio da maratona para receber o chip e terminar a prova individual. “Eles” terminaram em nono lugar e ganharam uma premiação em dinheiro, mas a farsa foi revelada por um jornal.

Fonte: http://br.esportes.yahoo.com/colunas/as-10-piores-trapaas-do-esporte-esportes-89.html

www.SitedoPastor.com.br


  • Leia também


    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

    ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ. CNPJ 08.987.618/0001-07

    © 2017 - 2020. Todos os direitos reservados.

    Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com