• Missões



    Vietnã - Abertura crescente para o evangelho

  • Missões - Vietnã

Localizado no sudeste asiático, o território do Vietnã caracteriza-se pelas planícies alagadas nos deltas dos rios Vermelho (ao norte) e Mekong (ao sul) e por montanhas nas Regiões Norte e Central.


População


A maioria da população habita em pequenos vilarejos rurais. Quase todos os vietnamitas pertencem à etnia quine, mas há alguns grupos étnicos minoritários, como os chineses e os haos. As etnias que habitam nas montanhas do planalto central são conhecidas coletivamente como montagnards (em francês) ou degar (em vietnamita).

Metade da população professa o budismo, enquanto uma pequena parcela segue outras religiões sincréticas.


História e governo


A nação vietnamita possui muitas cicatrizes deixadas pelas diversas formas de tormentos e agressões que já sofreu. Desde 1941, o país tem passado por guerras e dificuldades, em parte como conseqüência da instauração do governo comunista, em 1945.

Em 1975, o Vietnã do Norte, de orientação comunista, conquista o Vietnã do Sul depois de três décadas de conflito. O país é reunificado no ano seguinte. Em 1978, o Vietnã invade o Camboja e inicia um conflito que duraria até 1989, quando as tropas vietnamitas se retiram do território cambojano.

Controlado pelo Partido Comunista, o sistema legal do Vietnã baseia-se em uma mescla do código civil francês e da doutrina comunista. O atual presidente, Nguyn Minh Triet, e o secretário-geral do partido, Nong Fuc Manh, têm combatido a corrupção e lutado por uma reforma econômica.


Economia


O aumento de investimentos estrangeiros tem sido uma constante e, em 2007, depois de doze anos de negociações, o Vietnã juntou-se à Organização Mundial do Comércio, o que fez que se tornasse a segunda economia com crescimento mais rápido no sudeste asiático.

Alguns líderes do Partido Comunista acham que a abertura econômica irá enfraquecer o poder da organização.

No entanto, a disparidade de bens entre a área urbana e a rural é enorme. O crescimento econômico veloz do país rapidamente mudou a sociedade, deixando mais acentuada a diferença entre as camadas sociais.


A Igreja


As atividades missionárias cristãs, em particular as dos franceses, começaram no século 17.

Formada em 1929, a Igreja Evangélica do Vietnã, ou Hoi Thanh Tin Lanh Vietnam, é a maior denominação protestante e a mais antiga do país. É fruto do trabalho de missionários norte-americanos.

A Igreja vietnamita é uma minoria, abrangendo, aproximadamente, 8,1 milhões de pessoas ou 10% da população do país. Desse total, 6,5 milhões são católicos, o que faz do Vietnã o segundo país com maior população católica da Ásia (em primeiro lugar estão as Filipinas).

Dois terços dos protestantes pertencem às minorias étnicas tribais, sendo que a metade delas já foi alcançada pelo evangelho. O governo permite o trabalho de organizações cristãs, especialmente daquelas que procuram atuar nas áreas de desenvolvimento e ajuda humanitária.


A perseguição


Teoricamente, existe liberdade religiosa no Vietnã.

Para retirar o Vietnã da relação de Países de Preocupação Específica - uma lista compilada pelos Estados Unidos com países que violam os direitos humanos e aos quais eles impõem embargos comerciais -, o governo relaxou na perseguição contra os cristãos.

Há relatos de comunidades recebendo permissão do governo para se reunir em grandes grupos. Cerca de quarenta grupos domésticos protestantes foram registrados em 2007, na Região Norte do país. Não há, até o momento, dados mais recentes.

O maior violador da liberdade religiosa no Vietnã não é mais o governo central, mas, sim, o governo local ou os chefes das tribos. O respeito à liberdade religiosa em uma vila depende do quanto o seu líder é comunista. Quanto mais comunista, mais violações existem. A perseguição contra os crentes se tornou mais localizada e, por conseqüência, mais difícil de monitorar.

Entretanto, ainda há restrições. O governo monitora reuniões e líderes religiosos. A comunidade religiosa ainda precisa registrar-se para funcionar, mas esse processo ficou mais fácil.

Em 1999, um decreto estabeleceu a liberdade religiosa, dando aos cidadãos o direito de escolher e mudar sua opção religiosa. No entanto, o próprio decreto de 1999 adverte que haverá punições para quem utilizar a religião com o intuito de prejudicar o Estado. Em abril de 2001, o governo vietnamita reconheceu oficialmente algumas igrejas evangélicas que pertenciam à Igreja Evangélica do Vietnã. Foi a primeira vez que a organização obteve status de legalidade desde o fim da Guerra do Vietnã, em 1975.

O padre Nguyen Van Ly foi condenado a oito anos de prisão, em 29 de março de 2007, por distribuir "material prejudicial" ao Estado. Assim como ele, dois advogados protestantes, acusados do mesmo "crime", tiveram o mesmo tipo de pena.

O advogado Nguyen Van Dai, membro da congregação de Hanói da Igreja Evangélica do Vietnã, foi preso no dia 2 de março de 2007, simplesmente por ter documentado violações aos direitos humanos no Vietnã. A advogada Le This Cong Nhan também foi presa. Na ocasião, ela havia acabado de concluir um curso da doutrina cristã para novos convertidos na mesma igreja em que se preparava para o batismo.

Após um julgamento que durou apenas quatro horas, em 11 de maio de 2007, Nguyen Van, 38 anos, foi condenado a cinco anos de prisão e quatro de prisão domiciliar. Le Thi Cong, 27 anos, recebeu uma sentença de quatro anos de prisão e três de prisão domiciliar.

As autoridades proibiram a esposa de Nguyen de visitá-lo. Tanto o telefone de sua casa quanto o celular foram cortados. Uma fonte cristã disse que a polícia tentou incitar os vizinhos contra ela.

A imprensa também desqualificou os advogados, descrevendo-os como pessoas sem capacidade de manter um emprego depois da graduação na escola de direito. O artigo diz que Nguyen Dai chegou à faculdade sem a graduação suficiente por causa da influência de seu pai, que era membro do Partido Comunista. A reportagem se refere aos dois advogados como criminosos. Nguyen Dai teria recebido, do Departamento de Estado norte-americano, uma bolsa de estudos para cursar Direito nos Estados Unidos. Depois, teria recebido ajuda para estudar Internet e segurança de computadores nas Filipinas. Ele também é acusado de relatar aos países inimigos do Vietnã supostas "infrações à liberdade religiosa". Le This Nhan é acusada de agir contra a elite dominante em favor de "um mercado independente e unido".

As atividades de Nguyen Dai na defesa dos direitos humanos, além da liberdade de culto, geraram polêmica na comunidade evangélica vietnamita. Muitos protestantes acreditam que é muito arriscado desafiar o monopólio político do Estado com essas questões.


Motivos de oração


1. Os cristãos vietnamitas foram intensamente perseguidos no passado. Agradeça a Deus pela crescente abertura. Ore para que o governo vietnamita permita que mais ministérios cristãos forneçam ajuda humanitária, educação e apoio aos orfanatos no país.

2. A Igreja vietnamita está encarando as dores do crescimento. Louve a Deus pelo enorme crescimento da Igreja. Ore para que cristãos sejam mobilizados em todo o mundo, permitindo que recursos sejam levantados para apoiar e treinar os líderes da Igreja no Vietnã.

3. Líderes cristãos do planalto central têm de percorrer longas distâncias para visitar e ministrar às suas congregações. Ore por esses pastores, para que as dificuldades não os desanimem em seu ministério.


Fontes:

Report on International Religious Freedom.

BBC Country profile

Portas Abertas Internacional

The World Factbook


  • Leia também

    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados