Religiões Mundiais



Nova Era


É muito difícil definir a origem do movimento Nova Era, uma vez que não possui uma organização formal. Na verdade, trata-se de um conjunto bastante amplo de conceitos, cujo objetivo é destruir a visão judaico-cristã da sociedade em substituição a uma visão mística e panteísta, semelhante à visão do hinduísmo.

Mesmo assim, podemos ligar o MNE com a Sociedade Teosófica de Helena Blatavsky, popularizado mundialmente pela atriz Shiley MacLaine na década de oitenta. Seus seguidores acreditam que estamos entrando na era de Aquário, que superará a de peixes, marcada pela cultura judaico-cristã. Crêem que esta era trará um novo Avatar, chamado Maytreia (conceito budista) ou mestre ascencionado Saint German.

Sua filosofia é fortemente relativista. Ou seja, busca reunir em seu seio conceitos de todas as religiões. Entre os escritos mais reverenciados por seus seguidores, o de maior destaque é Conspiração aquariana, de autoria de Merilyn Fergussen (considerado a Bíblia da Nova Era), e também as antigas escrituras de I Ching, obras hindus, budistas e taoístas. Valoriza, ainda, as crenças dos índios norte-americanos, a astrologia, o misticismo e a magia.

É panteísta: acredita que tudo é Deus e Deus é tudo, mas Deus seria apenas uma força impessoal, não uma pessoa. Os humanos têm poder interior sem restrições e precisam liberá-los

Encara Jesus tal como Jesus é visto no hinduísmo, não como Messias ou Salvador pessoal, mas como um modelo espiritual e guru, um Avatar. Jesus foi um adepto da Nova Era (é chamado de Issa), pois liberou o poder divino da mesma maneira que qualquer um pode fazer. Muitos dos adeptos desse movimento crêem que Jesus foi à Índia, ao Tibete e à Grécia para aprender verdades místicas. Jesus não ressuscitou fisicamente, mas ascendeu a um reino espiritual mais evoluído. Alguns grupos falam do Cristo cósmico, que seria o Cristo existente em cada ser humano; ou seja, cada pessoa é um Cristo.

Considera o homem como sendo Deus. Supervaloriza a capacidade humana e busca desenvolvê-la pela prática da ioga, dos mantras, da meditação transcendental.

Desenvolveu sua própria medicina, a qual chama de holística (de holos = todos), a fim de tratar o homem física e espiritualmente. Entre suas práticas, a acupuntura, destacam-se os florais de Bach, a musicoterapia, a cromoterapia, a regressão hipnótica, o uso de cristais e as pirâmides.

Difunde amplamente a reencarnação, pratica um tipo de mediunidade sob o nome de canalização, por meio da qual diz canalizar os “mestres ascencionados do Universo”. Crê em gnomos, duendes, fadas e outros seres da mesma espécie, que classifica de elementais.


  • Leia também

    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados