Verbo



Desenvolvendo o trabalho na igreja por meio de células estratégicas


Nesta abordagem, adaptaremos o conhecimento de administração de empresas às igrejas. Alguns nomes podem até parecer estranhos, mas na prática, quando administramos uma igreja, acontece a mesma coisa. Ou seja, os procedimentos são os mesmos utilizados nas empresas.

Para tanto, dividiremos a administração da igreja em oito células fundamentais. São elas:


Célula estratégica chamada "insumo"


Esta célula pode ser chamada também de "célula de entrada". Por meio dela, conseguimos o insumo, a matéria-prima, para realizarmos nosso trabalho.

Exemplos: o principal insumo para que o padeiro possa fazer o pão é o trigo. No caso do líder (pastor) de igreja, o principal insumo é a Palavra de Deus. Assim como no exemplo do pão utilizamos fermento, água e outros elementos, mas tendo sempre o trigo como produto principal, no caso da igreja acontece a mesma coisa. Ou seja, durante o culto temos cânticos, orações, testemunhos, porém, o principal insumo é a Palavra de Deus.


Célula estratégica chamada "cliente"


Esta célula também é chamada de "saída". É a razão de uma empresa existir e, da mesma forma, a igreja. Uma empresa ou igreja séria está comprometida com dois grupos de pessoas chamados "clientes externos" e "clientes internos".

Toda e qualquer empresa deseja conquistar novos clientes e luta, de todas as maneiras, para preservar os clientes internos. Com a igreja acontece a mesma coisa. Ou seja, seu alvo deve ser todos os seres humanos que ainda não tiveram um encontro com Cristo, sem jamais se esquecer de cuidar daqueles que já fazem parte do rebanho.


Célula estratégica chamada "recursos humanos"


São aqueles que cooperam com o líder no ensino da Palavra. Temos muitos exemplos de empresas que investem no treinamento de seus funcionários. A igreja deve proceder da mesma forma, transformando seu espaço em lugar de aprendizagem. Para tanto, é necessário que o líder tenha uma equipe de pessoas preparadas para a nobre função de ensinar. Quantas heresias seriam evitadas se tivéssemos somente pessoas vocacionadas e capacitadas para ensinar o povo de Deus!


Célula estratégica chamada "financeiro"


Aí é que mora o perigo. Não são poucas as empresas que faliram por causa de uma gestão financeira precária. Em se tratando de igrejas, a situação é muito mais séria. O líder deve procurar entre os membros um profissional da área de finanças. O líder não deve ter medo de gastar o dinheiro arrecadado, mas, sim, de não utilizar bem os recursos da igreja. Ele deve fazer uso da receita da igreja da forma mais transparente e democrática possível. A receita da igreja não pode parecer, como disse o presidente Lula sobre o poder judiciário, "uma caixa-preta".


Célula estratégica chamada "manutenção"


O líder deve procurar, entre os liderados, algum profissional da área. Caso encontre, deve conversar sobre o assunto e, assim, se o membro profissional nessa área não puder resolver, pelo menos poderá ajudar na solução do problema e, com certeza, sentir-se-á mais útil na comunidade.

Como exemplo, temos a informática na igreja. Muitos adolescentes poderão se envolver com a igreja atuando justamente nessa área. Isto fará que o adolescente, o jovem, sinta-se importante na obra de Deus.


Célula estratégica chamada "administração"


Esta célula deve ser acompanhada bem de perto pelo líder de igreja, por conter todos os demonstrativos, relatórios, gráficos de crescimento, etc. São parâmetros fundamentais que devem ser aferidos pelo líder constantemente, pois estas informações dar-lhe-ão subsídios no momento em que tiver de tomar decisões de sua única e exclusiva competência.


Célula estratégica chamada "informação"


Por meio desta célula, o líder se mantém atualizado, e também sua equipe. Exemplos: mudança do código civil, alterações da lei orgânica do município, notícia de caráter religioso, Internet, jornais, revistas periódicas, informações ministeriais, etc. Só um líder bem informado pode dar respostas corretas aos novos problemas que surgem na igreja.


Célula estratégica chamada "processo"


Esta célula é a mais importante entre as demais. Nela, colocamos em prática tudo o que aprendemos na teoria. Dependemos do funcionamento das demais células para que o processo aconteça naturalmente e atendamos às normas de qualidade e produtividade.

Como podemos verificar, uma igreja pode perfeitamente ser comparada com uma empresa no aspecto administrativo.

O líder deve trabalhar no sentido de ajudar as células aperfeiçoarem cada vez mais suas atribuições.


Por Antonio Fonseca


  • Leia também

    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados