Verbo



Continuo procurando candidatos para a próxima eleição!


Nestes últimos anos, por meio da imprensa, temos lido e ouvido sobre o comportamento e envolvimento de alguns políticos evangélicos em diversos esquemas de corrupção. As nomenclaturas são muitas e, às vezes, até criativas: mentiras, corrupção nas estatais, escândalo da cueca, mensalão, sanguessuga, dança da impunidade, CPI da pizza, nepotismo, desvio de verbas públicas, etc. Mas, apesar disso tudo, continuo acreditando na democracia como sendo a melhor forma de governo para um país.

Pensando dessa maneira, e já escrevi faz alguns anos sobre isso, acredito que posso contribuir com meu voto sendo ainda mais criterioso no momento da escolha de meus candidatos para o próximo pleito. Nesta eleição, farei exigências para a escolha de políticos mediante o voto, tentando, dessa forma, não sofrer as decepções que tenho tido com algumas escolhas em eleições anteriores.

Os primeiros requisitos, entre muitos outros que utilizarei para escolher meus candidatos, serão os seguintes:

Para prefeito

1) O candidato pode estar tentando reeleição, porém não pode ter sofrido denúncias no ministério público sobre corrupção contra seu atual governo, exceto se as mesmas foram apuradas e tenha ficado comprovado que o denunciado não teve qualquer tipo de envolvimento com as mesmas.

2) Caso o candidato esteja tentando pela primeira vez o cargo de prefeito, será necessário que já tenha algum tipo de experiência no executivo; exemplo: secretário, diretor, etc.

3) Se o candidato já foi prefeito, precisa, obrigatoriamente, ter concluído seu primeiro mandato. Não votarei, em hipótese alguma, em candidatos que interrompem mandatos aos quais foram eleitos pelo povo.

4) Precisa ter recebido nota mínima de sete, numa classificação de zero a dez, nas pesquisas que avaliam o desempenho do cargo eleito que ocupou ou ocupa no executivo.

Para vereador

1) Para candidatos que tentarão reeleição, também é necessário que tenham obtido nota no mínimo sete, numa classificação de zero a dez, nas pesquisas que avaliam o desempenho do candidato no exercício do mandato.

2) O candidato a vereador que participa da eleição pela primeira vez precisa ter envolvimento com alguma atividade social do seu domicílio; exemplo: associação de moradores, escola, creche, esporte, etc.

3) O candidato não pode ter qualquer tipo de denúncia de corrupção junto ao ministério público contra seu desempenho durante sua gestão política, exceto se as mesmas foram apuradas e tenha ficado provado que o denunciado não teve qualquer tipo de envolvimento com as mesmas.

Para candidatos que exercem algum tipo de cargo eclesiástico

1) Para qualquer um dos cargos pretendido pelo candidato, ele não pode, desde julho, estar ocupando cargo eclesiástico.

2) O candidato deverá apresentar atestado constando que não estará exercendo função ministerial religiosa remunerada até o término de seu mandato, caso seja eleito.

3) Também não votarei em candidato que esteja utilizando a igreja como trampolim eleitoral.

Sobre a religião do candidato

1) Não terei como fator decisivo a religião do candidato, porém preciso ser informado, pelo próprio candidato, o que ele pensa da fé cristã.

2) Preciso, também, saber o que o candidato pensa sobre temas como: aborto, eutanásia, pena de morte, homossexualidade, células-tronco, clonagem, etc.

Meu compromisso como eleitor

1) Comprometo-me a ajudar os candidatos selecionados divulgando. voluntariamente, sempre que possível, o desempenho dos mandatos anteriores e incentivando as pessoas do meu convívio a votarem nesses candidatos na próxima eleição.

2) Caso os candidatos escolhidos por mim sejam eleitos e tenham bom desempenho no exercício do mandato, prometo continuar votando neles em eleições futuras.

Quanto às pesquisas eleitorais, não levarei em conta, jamais, seus resultados para escolher meus candidatos. Candidatos interessados em meu voto deverão enviar e-mail para pr.antoniofonseca@hotmail.com fazendo constar plano com propostas de governo para o Executivo ou o tipo de Projeto de Lei que apresentarão ou defenderão, caso sejam candidatos para o Legislativo.

Acredito que com esses cuidados ajudarei na construção da democracia de nosso país e na melhoraria da imagem de nossos políticos que, ultimamente, anda muito desgastada pela opinião pública.

Observação: aos candidatos que não preenchem os critérios exigidos neste artigo, afirmo que é perda de tempo pedir o meu voto.

Perda de tempo!


Por Antonio Fonseca


  • Leia também

    Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso Teologia Online Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia
    Contato
    Siga

    © 2017 - 2020 ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Todos os direitos reservados