Apologética



Igreja Local de Witness Lee – Parte 02 – Restauração da igreja


A Igreja Local adota o mesmo argumento usado pelo fundador do mormonismo. Joseph Smith Jr. alegou que lhe foi revelado pelo Senhor Jesus em 1820, quando estava com a idade de 15 anos, a foi orar na floresta e Jesus lhe apareceu para lhe responder uma pergunta intrigante que ele fazia a si mesmo: Qual a Igreja verdadeira? Queria ele se filiar a uma, mas não tinha certeza de qual delas era a verdadeira. Numa visão Jesus lhe apareceu proibindo-o de filiar-se a qualquer igreja porque todas estavam erradas: seus credos eram uma abominação e os seus líderes eram corruptos. Justificou assim Joseph Smith a fundação da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos últimos Dias, em 6 de abril de 1830, nos Estados Unidos. Isso é repetido freqüentemente pelos mórmons que aceitam piamente a visão do seu fundador (“Doutrina e Convênios”– “Escritos de Joseph Smith”. Publicado por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos últimos Dias, pp. 50-60).

A Igreja Local usa do mesmo artifício do mormonismo, a diferença é que enquanto a Igreja Local fala do localismo da igreja, o mormonismo fala da restauração pelo nome da igreja. No entanto, freqüentemente os membros da Igreja Local utilizam a palavra restauração para afirmar que com o surgimento da Igreja Local, a igreja foi restaurada na terra: A restauração de Deus não começou no século vinte. Embora seja dificil fixar uma data exata para o seu início, é conveniente estabelecé-la na época da Reforma. A restauração passou por muitos estágios desde a Reforma, passando por uma restauração parcial da vida da igreja na Boêmia, sob a liderança de Zinzendorf, prosseguindo para a revelação de muitas verdades preciosas da Bíblia por intermédio dos Irmãos de Plymouth e depois continuando até a genuína experiência da vida interior. Agora ela atingiu o seu estágio atual com o estabeleeimento das genuínas igrejas locais como a expressão do corpo de Cristo (“O Que Cremos e Praticamos nas Igrejas Locais”, Editora Fonte da Vida, p. 5).

Admitir que as igrejas locais sejam as genumas igrejas de Jesus Cristo implica reconhecer que todas as demais são falsas. E incrível que pessoas que se servem da Bíblia para mostrar que suas doutrinas se baseiam na autoridade da mesma consigam, ao mesmo tempo, negar a continuidade da Igreja fundada por Jesus no dia de Pentecostes (At 2.37-44). Jesus prometeu que as portas do inferno não prevaleceriam contra a sua Igreja (Mt 16.18). Será que não lhe foi possível manter a integridade da sua Igreja e que a Igreja por Ele fundada veio a apostatar, precisando ser restaurada por Witness Lee? Não prometeu Jesus estar conosco todos os dias até à consumação dos séculos (Mt 28.20)? Como aceitar essa declaração de Witness Lee em afirmar que com o estabelecimento das genuínas igrejas locais a igreja foi restaurada na terra? Isso é realmente uma característica do sectarismo – a exclusividade da revelação dada supostamente pelo Senhor Jesus ao líder fundador.


Curso de Apologética Online Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ © Todos os direitos reservados. 2021


Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com