Apologética



Igreja Local de Witness Lee – Parte 18 – O homem habitação de Satanás


Assim Crê a Igreja Local:

Os membros da Igreja Local se irritam quando lhes fazemos a seguinte pergunta: Vocês ensinam que Satanás está no corpo do homem? E respondem: Quando o homem caiu por comer o fruto da árvore do conhecimento do bem a do mal, o pecado, a natureza de Satanás, foi injetado no corpo do homem e transmutou-o em carne. A queda não foi simplesmente uma transgressão exterior, mas também um envenenamento e contaminação interior do nosso próprio ser. De acordo com Romanos 5 até 7, o pecado funciona em nossos membros como a personificação virtual de Satanás. Por isso, podemos dizer que Satanás, como pecado, habita na carne do homem. Isto não quer dizer, entretanto, que Satanás não tenha existência objetiva à parte do homem, pois a Bíblia claramente refere-se a ele como o espírito da potestade do ar. Além disso, a Bíblia revela que os homens caídos são filhos do diabo e que o diabo é o seu pai (1 Jo 3.10; Jo 8.44J. Ser filhos do diabo é ter a vida e natureza de Satanás. No sentido de ter dentro da nossa carne, a vida e a natureza de Satanás, dizemos, de acordo com a Palavra de Deus, que Satanás, na forma de pecado, habita na carne do homem (“O Que Cremos e Praticamos nas Igrejas Locais.” Editora Árvore da Vida, p. 16).

Será que somos impressionados com o fato de que todos os três seres: Adão, Satanás e Deus – estão em nós hoje? Somos bastante complicados. O homem Adão está em nós; o diabo, Satanás, está em nós; e o Senhor da vida, o próprio Deus, está em nós. Portanto, nós nos tornamos um pequeno jardim do Éden (“A Economia de Deus”, Witness Lee. Editora Árvore da Vida. 1a Edição –1989, p. 189). Adão, o ego, está na nossa alma; Satanás, o diabo está em nosso corpo; e Deus, o Deus Triúno, está em nosso espírito (“A economia de Deus”, Witness Lce. Editora Árvore da Vida. 1ª. Edição –1989, p. 190). Por isso, o homem tem não só a vida e natureza de Satanás, mas também o próprio Satanás como tal espírito maligno operando dentro de si (“Lições da Verdade – Nível Um”, Witness Lee. Editora Fonte da Vida. Agosto de 1987, p. 13).

Resposta Apologética:

Assim como a respeito da doutrina da Trindade a Igreja Local contraditoriamente afirma que não é modalista, mas crê no que ensina o modalismo. Diz crer na Trindade, mas não concorda com o Credo Niceno, afirmando ser esse incompleto. Agora declara que Satanás habita no corpo do homem e depois declara que Satanás não habita no corpo do homem, tem existência objetiva à parte do homem, mas o pecado é a personificação de Satanás. Afinal, Satanás habita ou não habita no corpo do homem?

Para respondermos a essas primeiras questões, podemos verificar na Bíblia que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo: Não sabeis vós que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? (1 Co 3.16). Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus (1 Co 6.19-20). Pode o cristão ser um possesso? Jesus veio para destruir as obras do diabo (1 Jo 3.8-10) e o diabo não toca na vida do cristão fiel: Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca (1 Jo 5.18).

Para justificar a teoria de que Satanás habita no corpo do cristão, a Igreja Local se envereda num verdadeiro labirinto de heresias. Vamos analisar a declaração da Igreja Local: 1o) Quando o homem caiu por comer o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, o pecado, a natureza de Satanás, foi injetado no corpo do homem e transmutou-o em carne. A queda não foi simplesmente uma transgressão exterior, mas também um envenenamento a contaminação interior do nosso próprio ser. Primeiramente a igreja Local cria a teoria de que o pecado é a natureza de Satanás. Seu segundo passo será buscar apoio na Bíblia para essa teoria: 2º) De acordo com Romanos 5 até 7, o pecado funciona em nossos membros como a personificação virtual de Satanás. Por isso, podemos dizer que Satanás, como pecado, habita na carne do homem. Em Romanos 5 até 7, não existe essa declaração de que o pecado funciona em nossos membros como a personificação virtual de Satanás. Esse entendimento provém da primeira teoria que a Igreja Local criou. Ou seja, primeiro cria-se a teoria, depois se faz a tentativa de harmonizá-la à Bíblia, o famoso de fora para dentro. 3º) Isto não quer dizer, entretanto, que Satanás não tenha existência objetiva à parte do homem, pois a Bíblia claramente refere-se a ele como o espírito da potestade do ar. Num primeiro momento, a Igreja Local declara: podemos dizer que Satanás, como pecado, habita na carne do homem, no entanto, como a Bíblia declara que Satanás é um ser espiritual, então a Igreja Local irá declarar que embora ele seja uma pessoa espiritual, ele é também o pecado na carne do homem. 4o) Além disso, a Bíblia revela que os homens caídos são filhos do diabo e que o diabo é o seu pai (1 Jo 3.10; Jo 8.44). Os cristãos são filhos de Deus ou do diabo? São filhos de Deus, logo eles não teriam então a natureza de diabo? Correto? Segundo a Igreja Local: não. 5o) Ser filhos do diabo é ter a vida e natureza de Satanás. No sentido de ter dentro da nossa carne, a vida e a natureza de Satanás, dizemos, de acordo com a Palavra de Deus, que Satanás, na forma de pecado, habita na carne do homem. Afinal, a Igreja Local está declarando que são filhos do diabo? Vamos repetir o texto: Ser filhos do diabo é ter a vida e natureza de Satanás. No sentido de ter dentro da nossa carne, a vida e a natureza de Satanás, dizemos, de acordo com a Palavra de Deus, que Satanás, na forma de pecado, habita na carne do homem. Inerivelmente a Igreja Local declara que os filhos do diabo têm a natureza de Satanás e declara explicitamente: No sentido de ter dentro da nossa carne, a vida e a natureza de Satanás, dizemos, de acordo com a Palavra de Deus, que Satanás, na forma de pecado, habita na carne do homem (“O que Cremos e Praticamos nas Igrejas Locais”. Editora Árvore da Vida, p. 16). São declarações assombrosas como estas que denunciam as estranhas doutrinas da Igreja Local de Witness Lee.


Curso de Apologética Online Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ © Todos os direitos reservados. 2021


Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com