ICP Responde



Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me entender e conhecer que eu sou o Senhor (Jeremias 9.24)


Comentário apologético: Os agnósticos declaram que há provas negativas e positivas quanto à existência de Deus, porém, todas inconclusas. Dentro deste conceito, crêem e, ao mesmo tempo, não crêem. E, baseados nesta suposta subjetividade de Deus, adotam a ausência de conhecimento como sendo a melhor maneira de se lidar com o desconhecido. O versículo em destaque, porém, mostra que, aos olhos divinos, não há qualquer conhecimento fora de Deus que possa promover a glorificação humana.

Assim, o sábio (segundo o mundo), o forte e o rico não são enaltecidos por Deus (v. 23), mas aquele que busca conhecer o Senhor está habilitado a engrandecer-se entre os homens. A falta completa de conhecimento (de Deus), condição peculiar aos agnósticos, desmerece o homem diante de Deus. O próprio povo do Senhor não atendia aos seus desígnios divinos por falta desse conhecimento, por isso “rejeição divina“ (Os 4.6).


Curso de Apologética Online Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ © Todos os direitos reservados. 2021


Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com