ICP Responde



Daquele dia e hora ninguém sabe (Mateus 24.36)


Testemunhas de Jeová. Dizem que se Jesus realmente fosse onisciente deveria saber de todas as coisas.

Resposta apologética: A primeira observação que devemos fazer é que as Testemunhas de Jeová, ao distorcerem este texto, caem em seu próprio erro, uma vez que declaram que Deus (o Pai) não conhece todas as coisas, mas nem por isso negam sua divindade. Têm a ousadia de dizer que Deus não tinha conhecimento do resultado da prova que Ele próprio havia submetido Abraão quando lhe pediu seu filho Isaque em holocausto (Gn 22.12). E ilustram essa suposta falta de conhecimento absoluto de Deus da seguinte maneira: “Uma pessoa que tem um rádio pode ouvir as notícias mundiais. Mas o fato de que pode ouvir certa estação não significa que realmente faça isto. Ela precisa primeiro ligar o rádio e daí selecionar a estação. Da mesma forma, Jeová tem a capacidade de predizer eventos, mas a Bíblia mostra que Ele faz uso seletivo e com discrição dessa capacidade que tem, com a devida consideração pelo livre-arbítrio com que dotou suas criaturas humanas”.

Como desejam, então, neste versículo, negar a divindade do Senhor Jesus? Na verdade, a missão de Jesus era glorificar o Pai (Jo 5.30, 43). Estava, naquele momento, falando como homem, mas, como Deus que era, conhecia os corações (Mc 2.8), perdoava pecados (Mt 9.6), entre outros milagres e prodígios. Assim, o texto em destaque, em nenhuma circunstância, depõe contra a natureza divina de Jesus.


Curso de Apologética Online Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ © Todos os direitos reservados. 2021


Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com