ICP Responde



Não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida (João 5.24)


Universalismo. Declara que o tempo da restauração tem início quando a pessoa morre.

Resposta apologética: É carente de fundamento a tese universalista que agenda a redenção do homem para o pós-morte, quando, na verdade, segundo Jesus ensina no texto bíblico em análise, o tempo da redenção, promovida pelo próprio Jesus, começa logo após a conversão, quando ocorre uma mudança interior proposta e efetuada por Deus no coração do homem que se rende ao Senhor (Ap 3.20).

A tese universalista, ao admitir essa postura, esbarra na heresia romana do purgatório, que apresenta uma idéia semelhante de redenção pós-morte. O tempo verbal do versículo em análise prova o imediatismo da redenção operada por Cristo: “Não entrará” e “passou da morte para a vida”. O texto, na verdade, está-se referindo à advertência escatológica da segunda morte (Ap 21.8) e à instantânea redenção dos pecados (Lc 23.40-43).


Curso de Apologética Online Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ © Todos os direitos reservados. 2021


Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com