ICP Responde



Entre os nascidos de mulheres, não há profeta maior que João o Batista (Lucas 7.28)


New Life Mission. Declara que João Batista estava representando a raça humana durante o episódio da expiação, quando, supostamente, transferiu todos os pecados da humanidade para Jesus.

Resposta apologética: Semelhante aos católicos romanos, para quem João representa a humanidade e Maria é a mãe da humanidade, o reverendo Paul C. Jong também acredita que João Batista retratava a raça humana quando batizou Jesus. É bom ressaltar que esses dois grupos empurram sua própria interpretação para dentro do contexto bíblico. Nem indiretamente o texto em referência afirma tal disparate. João Batista não representava a humanidade, mas Elias (Mt 17.11-13). Seu trabalho não era transferir pecados, mas converter o coração dos pais aos filhos (Lc. 1.17). Além disso, o próprio João Batista se recusou a batizar Jesus, porque, conforme disse, era ele, e não o Salvador, que precisava ser batizado. Ora, se o precursor de Jesus estivesse, de fato, consciente de que era o representante da humanidade, será que teria insistido para que Jesus o batizasse?


Curso de Apologética Online Bíblia Apologética com Apócrifos Série Apologética Curso de Teologia On-line Curso Básico de Teologia Curso Médio de Teologia Curso Bacharel de Teologia

ICP - Instituto Cristão de Pesquisas. Caixa Postal 64.098 - CEP 22011-970 - Rio de Janeiro - RJ © Todos os direitos reservados. 2021


Ícones feitos por Freepik from www.flaticon.com